S.C.C.G

Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil
O Corinthians Gaúcho é um time de Futebol Amador criado em 1977 na Cidade de Porto Alegre, RS. Com uma formação atual de 30 atletas, o clube continua seu histórico de conquistas e feitos importantes.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

TIMÃO PERDE SUA INVENCIBILIDADE EM 2016

Em jogo atrasado, válido pela 1ª rodada da 2ª Copa Verão de hoje à noite (25/02), o Corinthians Gaúcho perdeu sua invencibilidade no ano de 2016 ao perder para o Abc por 2x1.
Com este resultado, terminamos em terceiro lugar na fase classificatória e com isso enfrentaremos novamente a equipe do Abc, tendo eles a vantagem de jogar pelo empate nas semifinais, que ainda não tem data nem horários definidos.
A equipe alvi-negra conseguiu com um esquema defensivo segurar bem a jovem equipe tricolor, mas perdemos muito cedo nosso armador Felipe Pacheco, que foi expulso aos 12 minutos da primeira etapa juntamente com o volante adversário.
Se a proposta de jogo Corinthiana era jogar por uma bola, imagina com um atleta a menos. Após a expulsão, restou da primeira etapa, nos defendermos, e poucas vezes chegamos a área adversária.
Já para a etapa final, o técnico Zé Medeiros mudou o esquema de jogo, com a entrada do meia Edson e a liberação dos volantes saírem mais para jogar, igualamos o domínio da meia cancha e por várias vezes chegamos na meta adversária, com oportunidades incríveis desperdiçadas.
O Abc abriu o marcador aos 28 minutos, com o gol adversário, o técnico do Timão optou por arriscar um pouco mais, já que a derrota por um ou mais gols dava no mesmo, retirou um lateral, formou uma linha com três zagueiros, e com isso colocou mais um atacante. Melhoramos ofensivamente, mas apareceu espaço ao Abc, que chegou ao seu segundo gol aos 38 minutos.
O atacante Alemão, que acabara de entrar, descontou para 2x1  e os minutos finais foram dramático, nos jogamos atrás do empate e o Abc aproveitava apenas os contra-ataques, aos 46' finais o tricolor ainda desperdiçou uma penalidade máxima.
Agora é reagrupar, corrigir nossos erros e nos preparar para mais um confronto contra este ótimo time do Abc.

O capitão e volante Silvano correu muito na primeira etapa para deixar o placar zerado

Dudu por muitas vezes foi o jogador responsável das bolas paradas    

CORINTHIANS ENFRENTA O CAMPEÃO DA UEFA PELA COPA VERÃO

Em partida atrasada válida pela primeira rodada da 2ª Copa Verão, hoje (25/02) o Corinthians Gaúcho enfrenta o atual campeão da Copa Uefa, a forte equipe do Abc, jogo marcado para às 20:30 no campo do Harás Muradás - Canoas.
A vitória com dois gols de vantagem, nos deixa em primeira na classificação geral e assim enfrentaríamos a equipe do Rayo nas semifinais. Outro resultado não sendo a derrota nos coloca em vantagem na semifinais contra este próprio Abc, já com uma derrota, a vantagem passa a ser deles.
O técnico Zé Medeiros espera contar com todo o seu elenco para este jogo decisivo.

 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

FUTSAL RETORNA VENCENDO

Após uma parada de três semanas, a equipe de futsal do Corinthians Gaúcho retornou ontem (22/02), vencendo a equipe do Píffer Pneus por 13x12 com destaque do atleta alvi-negro, Felipe Pacheco que marcou 6 gols e ainda fez a diferença à nosso favor.
Além de Felipe, marcaram para o Timão; Eder (3), Pequeno (2), Thyago Soares e Baixinho (1).
Aceitamos adversários para jogar em nossa quadra.

Jogo disputado gol a gol até o último segundo

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

CORINTHIANS VENCE A PRIMEIRA NA COPA VERÃO

Em partida realizada agora a noite (18/02) no campo do Harás Muradás - Canoas, o Corinthians Gaúcho venceu a equipe do Rayo por 3x2 em partida válida pela 3ª rodada da 2ª Copa Verão.
Até a metade da primeira etapa, nós tínhamos maior posse de bola e também as melhores oportunidades de gols desperdiçadas, mas aos 28 minutos em uma jogada individual pelo nosso lado esquerdo, o atacante adversário driblou o zagueiro Rodrigo e cruzou para o centroavante do Rayo abrir o marcador.
Após 5 minutos empataríamos com um gol contra, depois do meia Felipe ter feito um cruzamento para a área adversária. O mesmo Felipe aos 36 minutos estava colocando o Timão a frente do placar, com uma jogada individual para cima do seu marcador, só deslocou do goleiro.
Na volta da segunda etapa, retornamos com algumas trocas, e logo de início a equipe sempre se ressente de entrosamento, e foi nesta nossa dificuldade que o Rayo empatou a partida, com uma bela jogada de tabela na nossa área.
Voltaríamos a estar a frente do marcador aos 15 minutos, depois de uma excelente metida de bola pelo volante Desidério ao meia Felipe, que só deslocou o goleiro quando já saia de sua meta.
Naquele momento do jogo, nosso desempenho em campo nos dava nítidas amostras que poderíamos ampliar o marcador, foi quando veio um lance trágico da partida, após um cruzamento da direita o goleiro Thiago da equipe do Rayo trancou o pé em um buraco do campo e teve uma grave fratura em seu tornozelo, neste momento a partida, aos 31 minutos foi encerrada e ficamos a espera da Samu.

Horrível a fratura do arqueiro Thiago

Este resultado nos deixa na segunda posição na tabela de pontuação com 4 pontos, na próxima quinta-feira (25/02) o alvi-negro tem a partida atrasada contra a equipe do Abc e apenas o resultado da vitória de 2 gols de diferença nos livram deste confronto se repetir nas semifinais.

Zagueiro Paulo atuou de volante na partida de hoje     

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

TIMÃO ENFRENTA O RAYO PELA COPA VERÃO

O Corinthians Gaúcho terá como adversário a equipe do Rayo nesta quinta-feira (18/02) às 20:30 pela 2ª edição da Copa Verão, que acontecendo no Harás Muradás - Canoas.
Será a segunda partida do alvi-negro na competição, a primeira empatamos em 0x0 contra a equipe do All Blacks. Para este jogo, esperamos contar com um maior número de atletas e assim dar diferentes opções ao técnico Zé Medeiros.


sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

FICAMOS NO 0X0 NA ESTRÉIA DA COPA VERÃO



Na estréia do Corinthians Gaúcho ontem à noite (11/02), pelaa 2ª edição da Copa Verão que acontece no Harás Muradás, ficamos no empate sem gols contra os donos da casa, o All Blacks.
A partida foi de muita marcação na meio campo de ambas equipes, mas as melhores oportunidades na primeira etapa foram nossas.
O atacante Juliano Silveira perdeu uma boa oportunidade logo no início da partida, com um voleio por cima da trave, o centroavante Lucas Emanuel teve duas chances claras na frente do gol, acabou tentando deslocar do goleiro e chutou para fora, e por último uma cobrança de falta pelo meia Jucimar que por muito pouco não foi na gaveta.
Na etapa final, só ameaçamos o adversário nos cinco minutos finais, no restante nos defendemos e tentamos bolas longas aos atacantes que nada puderam fazer por estarem bem marcados.
Na próxima quinta-feira (18/02) o adversário será a equipe do Rayo e a partida esta marcada para às 22h.

Usamos muito a bola aérea para tentar o gol


Na segunda etapa, apenas nos minutos finais ameaçamos o adversário 

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

CORINTHIANS CONQUISTA O TRI NA ATLÂNTICO SUL

A 5ª edição da Taça Atlântico Sul realizada nos dias 30, 31/01 e 02/02 no estádio Sessinzão em Cidreira teve mais uma vez o Corinthians Gaúcho como campeão, alias é o sua 3ª conquista nesta competição.
Dentre todas as conquistas da Atlântico Sul pelo alvi-negro, esta foi sem dúvida a mais difícil, tanto pela qualidade dos adversários enfrentados, como também do reduzido plantel a qual fomos para a disputa dos jogos.
Na estréia, sábado (30/01), o adversário era a qualificada equipe do Brasília; vencemos por 1x0, gol de penalidade máxima, cobrada pelo goleiro Gilnei. 
Mas para chegarmos a vitória, tivemos que enfrentar imensas dificuldades dentro da partida; o meia Willian e o volante Silvano foram expulsos, e além de marcar o gol da vitória, o goleiro Corinthiano foi o melhor atleta em campo, realizando maravilhosas defesas, também merece o nosso destaque, o setor defensivo que praticamente teve que segurar o placar em toda a segunda etapa, onde fomos o tempo todo pressionados.  

A boa cobrança de penalti pelo arqueiro Gilnei

O meia Jucimar, foi peça chave em momentos críticos, para dar tempo à nossa defesa respirar

Na primeira etapa, tivemos bons momentos de ataque pelo lado do lateral Baixinho 

As bolas aéreas em nossa área foi a partida inteira

Já na semifinal de domingo (31/01), o confronto era mais uma vez contra a equipe do Dínamo, equipe a qual enfrentamos em todas as nossas conquistas nesta competição. Agora com uma grande diferença, uma equipe renovada e jovem.
O jogo começou emocionante, com o Dínamo perdendo boas oportunidade de abrir o marcador, tínhamos imensas dificuldades em parar as investidas rápidas dos jovens atacantes Dinamistas. Até que o meia Jucimar achou o atacante Juliano entre dois zagueiros e com uma metida rápida, deixou o atacante alvi-negro na cara do gol para abrir o marcador.
A segunda etapa, nos reservava diversos momentos de emoção, a primeira foi a expulsão prematura do volante Dudu, logo aos 10 minutos. Em seguida, o meia Willian sofreu penalidade máxima, o goleiro Gilnei foi para a cobrança, mas desta vez quem levou a melhor foi o arqueiro adversário. Com a perda do penalidade e um jogador a menos, o Dínamo jogou-se ao ataque, e aos 35 minutos chegou ao empate, após um chute cruzado de fora da área.
A partir daí, as duas equipes jogaram-se à frente, em busca da vitória, e o que se viu foi uma sucessão de gols perdidos por ambas, como destaque mais uma vez do goleiro Gilnei que fechou o gol.
A partida terminou 1x1 e foi para a marca da cal. Nas penalidades máximas, levamos a vantagem pela ótima qualidade do nosso goleiro, que defendeu uma cobrança e contou com a sorte, pois a outra, estourou na trave.
Ao final 4x3 Timão, e mais uma decisão contra o rival do bairro, o Sejarsa.

Os jovens atacantes do aúreo-cerulío nos deram muito trabalho

Nosso setor defensivo foi incansável na marcação

Supremacia nas bolas aéras da zaga alvi-negra

Esta semifinal foi uma das melhores já ocorrida na Atlântico Sul 

A grande final da terça-feira (02/02), era mais uma vez o clássico do bairro Jardim Sabará, repeteco da final de 2015 e tinha cara de revanche, iriamos enfrentar um Sejarsa com diversos ex-jogadores, entre eles, o ex-craque do Corinthians, o Felipe Pacheco.
O Sejarsa entrou em campo pressionando, jogando firme e dentro de nosso campo, nossa meia cancha tinha pouco espaço para criar aos atacantes. 
Daí veio dois lances cruciais do jogo; primeiro aos 10 minutos o volante Edson, sentiu uma contratura muscular e foi substituído pelo improvisado lateral-direito Rafael Dachi, e depois aos 23 minutos o atacante Alan e o volante adversário Juninho, trocaram agressões e foram os dois expulsos. O que para nós parecia uma grande perda, tornou-se ao contrário, o adversário perdeu seu poder de marcação e com isso começamos a criar situações de perigo ao gol do rival.
Aos 31 minutos, depois de uma falta pela esquerda, cobrada pelo lateral Baixinho, Jucimar deu uma forte cabeçada, obrigando o goleiro Vitor a rebotar a bola, que caiu nos pés de Rafael, que com um toque sútil colocou Juliano Silveira na cara do gol para abrir o marcador.
Daí para frente, viu-se um Sejarsa desesperado com seu melhor jogador, Felipe Pacheco anulado pelo excelente Rafael Dachi.
Na segunda etapa, oferecemos campo para o advesário e só aproveitarmos as saídas em contra-ataques, não deu outra, Roger fez o 2x0 com um forte chute da entrada da área e Biro sepultou a peleia, com um golaço de cabeça, após cruzamento do centroavante Lucas Emanuel.
Com o Tri Campeonato conquistado, o Corinthians Gaúcho tornou-se o clube com mais conquistas na competição, seguidos de perto pelo All Blacks com duas conquistas.
Também levamos a premiação de goleiro menos vazado, com o arqueiro Gilnei, sofrendo apenas um gol e o goleador da competição com Juliano Silveira com dois gols marcados.

Nossa bola aérea deu muito trabalho a zaga tricolor

Até acontecer as expulsões, nossa meia cancha não conseguia espaço para armar


Biro (sem camisa) marca o terceiro gol e vai para a Fiel Corinthiana no Sessinzão

Gilnei goleiro menos vazado e Juliano o artilheiro da competição

Mais um troféu para a galeria do Corinthians Gaúcho

Presidente técnico Zé Medeiros vibrou muito com sua filhota Juju

Grupo Tri-Campeão da 5ª edição da Taça Atlântico Sul
Em pé: Juliano, Rodrigo, Baixinho, Jeyson, Gilnei, Jucimar, Zé, Juju, Edson e Roger
Agachados: Fernando Passos, Biro, Filho, Willian, Igor, Lucas Emanuel, Joca, Rafael Dachi, André e Alan
Ainda participaram da conquista: Guilherme Matteo, Luiz Fernando, Dudu, Silvano