S.C.C.G

Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil
O Corinthians Gaúcho é um time de Futebol Amador criado em 1977 na Cidade de Porto Alegre, RS. Com uma formação atual de 30 atletas, o clube continua seu histórico de conquistas e feitos importantes.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

FIM DO SONHO

No sábado (08/12), em partida válida pela semifinal da Liga Sabará, a equipe principal do Corinthians Gaúcho, viu seu sonho de chegar ao Tri-Campeonato da liga, cair por terra; fomos derrotados pelo incansável time do Educandário pelo placar der 1x0.
O resultado da partida, foi bem o reflexo do prognóstico que vinha se desenhando, nas partidas anteriores; do plantel de 25 atletas inscritos, já havíamos perdido 5 atletas por lesões, para está semifinal, mais 5 atletas por questões de trabalho e um, por suspensão, resumindo; fomos para uma partida decisiva, contra um adversário que era a zebra da competição, e sem nada a perder, com apenas três opções no banco e ainda um calor de quase 35º graus.
Na primeira etapa, tivemos pleno domínio da partida, possivelmente uns 70% de posse de bola, mesmo assim, o destaque do jogo, até então, foi o goleiro Gilnei, com duas ótimas defesas. Mantivemos o mesmo esquema e equipe ao retornar para a segunda etapa, aos 20 minutos, o lance que pode nos ter tirado da final, o bandeirinha, cometeu um erro escandaloso, ao anular um gol do centroavante Diadema, que vindo por trás da zaga adversária, apanhou um cruzamento da direita e de cabeça colocou para as redes, o auxiliar deu impedimento de outro atleta Corinthiano que não havia participado da jogada.
Com o passar do tempo, o técnico, José Medeiros, mudou o esquema da equipe, para o 4-4-2 com a entrada de mais um atacante, o objetivo era tornar a equipe mais ofensiva, mas o tiro saiu pela culatra, sofremos um contra-ataque, pelo lado esquerdo, onde o lateral, Popo, havia ido ao apoio, sua cobertura não conseguiu interceder o veloz ataque do Educandário, e assim, acabamos sofrendo o gol, aos 23 minutos.
Para nossa infelicidade; além de ter um gol mal anulado, na sequência, sofrermos um gol, minutos depois, perdemos por expulsão infantil, o zagueiro Jeyson.
Mesmo com 10 atletas, fomos ao ataque, passamos o resto do jogo alçando bolas aéreas no gol do Educandário, foi aí que começamos a ameaça-los, com duas fantásticas defesa do goleiro e um gol imperdível, onde o arqueiro já estava sem a mínima possibilidade de defesa, o arremate do atacante Leko, triscou a trave.
Não foi desta vez, nas últimas edições, deixamos escapar o título pelos mesmos problemas; falta de um plantel numeroso e comprometido, este ano, somou-se o azar, por perda de lesões, de jogadores fundamentais.
Neste próximo sábado (15/12), às 15h. jogaremos a disputa de terceiro lugar com a boa equipe do União José Madri.


Nossa equipe lutou muito em busca da vitória

Leandrinho tentou suas fortes jogadas pela direita, sempre bem marcado

Peleia pela disputa da bola
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe seu recado: